(11) 99957 6821

Yoga

“Cem vezes ao dia, quisera sacrificar-me por meu “Guru”, o qual me converteu em Deus, todos os instantes...”

Yoga é a prática da união consigo mesmo e com todos os seres que nos cercam. A experimentação de conexão é proporcionada pela disciplina e pela aplicação do Yoga, através da conduta ética, das asanas (posturas), pranayamas (exercícios para controle da respiração), meditação, japa (repetição de mantras) e devoção a Deus.

Yoga é síntese entre corpo e alma e, no tempo, demonstra aquilo que está fora do tempo. É a prática diária, dirigida ao retorno dos corações sedentos de paz ao Íntimo, que se manifesta tanto no Espírito como na matéria. É a união consciente com a energia criadora que move o Universo e coordena o movimento atômico em nosso corpo.

Yoga é o caminho que envolve o caminhante, transformando-o no próprio caminhar, pois traz a consciência do momento presente e, através da respiração, faz a conexão com Deus, que é a vida inflando os pulmões de ar. Cada respiração é a chance de uma nova possibilidade, do reconhecimento da vida que flui independente de se pensar nela, naturalmente, na simplicidade da entrega a cada escolha feita.

Dores e alegrias são reconhecidas como parte do processo de revolução e deixa-se que os desígnios da Lei se cumpram. É a consciência de que tanto a felicidade quanto a dor são ilusórias e passageiras. O único imutável é o Ser e, através da vivência do Yoga, fazemos nossa escolha por Ele, e tudo o mais se torna somente instrumento de Sua Vontade.

Afinal, o Sol continua a nascer, todos os dias, apesar da fome, da guerra, das grandes conquistas, dos amores e dos desamores, da riqueza ou da pobreza, da nossa vida ou da nossa morte.

A percepção de que somos parte integrante de um todo, de que somos células de um corpo maior, traz o profundo respeito a todos os seres da criação. Nunca estamos sós, pois cada um de nossos átomos está preenchido pela divindade e temos toda a humanidade como companhia.

Somos seres interdependentes. Somente a união das consciências individuais com a consciência grupal pode levar à sabedoria de que precisamos salvar nossa humanidade interna, para que brilhe a luz, na humanidade externa.

Namastê!
(“O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você”)