Plutão em Capricórnio

April 3, 2018

 

Esta Ermita é dedicada a Santa Bárbara e a lenda diz que ela teria vivido entre 280 e 317 D.C. 
Filha de Dióscoro, um nobre de Nicomédia (atual Izmit), foi trancada em uma torre para ser protegida da corrupção que imperava na época, ali foi educada por preceptores que lhe ensinaram sobre os deuses romanos. Bárbara se tornou uma linda mulher, com muitos pretendentes aos quais recusava um a um. Seu pai inconformado acreditou que isso sucedia por ela ter sido criada presa na torre, então permite que ela vá conhecer a cidade, onde encontra monges que lhe apresentam Jesus Cristo, e assim Bárbara, encantada pelo mistério da Santíssima Trindade, é batizada como cristã. Quando encontra a filha convertida o pai não se conforma e a entrega ao prefeito romano para ser martirizada até renunciar sua fé, como a moça não o faz é condenada a morte por degolação, mas antes disso tem os seios cortados, e então é levada para fora da cidade e decapitada por seu próprio pai. A lenda diz que quando a cabeça de Barbara rolou pelo chão um trovão fez tremer os céus e um forte relâmpago atingiu seu pai deixando-o morto no chão. A lenda é muito mais rica que este meu pequeno resumo, e os aconselho a pesquisar sobre, pois vale a pena. Mas onde quero chegar? De 287 a 305 D.C., a fase onde segundo a lenda Barbara teria entre 7 e 25 anos, Plutão - que só foi descoberto em 1930, mas obviamente estava onde sempre esteve – se encontrava em Capricórnio, exatamente onde está hoje. Vocês encontram alguma semelhança? A corrupção imperava, crenças estabelecidas eram contestadas e punidas com crueldade, o feminino buscava espaço de expressão. Hoje não levamos mais ninguém à decapitação física, mas seguimos decapitando através de julgamentos aqueles que ousam pensar e sentir diferente. Plutão em Capricórnio traz a chance de assumirmos responsabilidades sobre os nossos valores, informa que somos responsáveis pelo nosso destino e que assumindo estas responsabilidades vamos contribuir na transformação do coletivo. A questão é o Poder, em que mãos está? Eu assumo meu próprio poder? Quem toma a rédea de si mesmo nas mãos não precisa lutar para provar nada, este é aquele que vai compartilhar de si mesmo com o mundo. Porém aquele que precisa brigar por poder, para se convencer de ser algo que não é, em épocas de Plutão em Capricórnio cairá no radicalismo e na crueldade de suas condenações. Qual é a sua escolha? Como Bárbara manter seu caminho centrado no Bem que acredita ser? Ou seguir brigando por um poder ilusório que lhe leva a decapitar para se defender daquilo que não conhece? Pensar por si mesmo, eis a questão, é a única forma de ser responsável pelo próprio potencial, do contrário seguirás cortando seios, seguindo escravizado por um sistema de crenças ao qual não escolheu, simplesmente aceitou. Plutão pede cortes de cabeças, que não seja a sua, mas sim das suas certezas absolutas

Please reload

Our Recent Posts

A Nova Economia

April 4, 2020

Chegou Peixes

February 19, 2019

Sol em Aquário

January 20, 2019

1/1
Please reload

Tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

 

©2018 by Fernanda Zanini.