Our Recent Posts

Tags

Nenhum tag.

Sol entra em Gêmeos



Como visto nos posts anteriores, a cada signo vamos contando a história da criação do mundo. Em Áries, o sêmen divino, vimos a potencialidade contida na criação, em Touro, o óvulo primordial, vimos a formação atômica da matéria acontecer, e assim com essa massa de matéria pronta para ser usada chegamos em Gêmeos, o primeiro signo de Ar. Quando falamos de ar tocamos o universo mental, e neste tudo se torna mais complexo. Em Gêmeos encontramos o conhecimento arquitetônico do Universo, a capacidade de dar forma a matéria criada pelo encontro dos dois primeiros signos zodiacais. E aqui começa um drama, pois a mente engendrada em Gêmeos não tem limites, surgem as infinitas possibilidades. É por isso que o geminiano é curioso, tem em seu subconsciente a informação do infinito. Ele quer saber de tudo o que existe e também do que ainda pode vir a existir, e quem sabe de tudo um pouco tem assunto para conversar com Deus e todo mundo! Por isso, é o grande comunicador e sua capacidade de aprender e ensinar o torna versátil, fazendo-o mudar de opinião e caminhos a partir da compreensão de novas teorias. O grande desafio do geminiano é vencer a ansiedade, pois com tanta informação acumulada acaba se angustiando por não ser possível colocar tudo em prática, essa angústia o toma quando se percebe superficial, pois como quer saber sobre tudo o que existe não tem tempo de aprofundar nos temas escolhidos. A dica é perceber que 24 horas do dia estamos fazendo escolhas, não é possível (ainda) estarmos em vários lugares ao mesmo tempo, nem lermos todos os livros que já foram escritos, e tampouco entramos em contato com tudo o que nos interessa, portanto, o geminiano terá que aprender a fazer a escolhas para que seu tempo seja melhor aproveitado e ele possa nos ensinar mais a cada dia, com profundidade, por amor ao conhecimento.

©2020 by Fernanda Zannin.