Our Recent Posts

Tags

Nenhum tag.

O Grande Eclipse



A astrologia pode ser comparada a um relógio com vários ponteiros (planetas) que apontam o momento certo para cada classe de ações. Os eclipses são marcados pelos dois luminares, o Sol e a Lua. Todos os anos acontecem pelo menos 4 eclipses, dois solares e dois lunares, os solares acontecem na lua nova e os lunares na lua cheia. Quando os ponteiros sinalizam um eclipse sempre é um pedido de atenção, pois grandes eventos podem ser desencadeados. Em nosso mapa natal os efeitos do eclipse serão observados nas casas onde se encontram o eixo do signo onde ele acontece, por exemplo o eclipse lunar de amanhã ocorrerá a 4º de aquário, portanto afetará os setores de nosso mapa onde se encontram aquário e leão. Porém, os eclipses não têm efeitos tão fortes no mapa individual quanto têm no coletivo, é muito mais efetivo quando falamos de astrologia mundial. Geralmente, o efeito de um eclipse começa um mês antes de seu acontecimento e dura até o eclipse seguinte. E o eclipse de amanhã?

Agora vamos pensar no eclipse lunar de amanhã, que está sendo tão alardeado. A primeira questão é que essa história de lua de sangue é só mais uma das criações apocalípticas que circulam pela internet, em todos os eclipses podemos ver a lua com um tom laranja-avermelhado, portanto esse eclipse atuará como todos os outros. É verdade que a lua estará em conjunção com Marte e que o céu de amanhã estará muito bonito de ser observado. Mas o fato mais relevante na minha opinião é o eixo onde os últimos eclipses tem caído, em 2017 tivemos 4 eclipses, dois aconteceram em leão, dois em aquário e um em peixes, em 2018 teremos ao todo 5 eclipses, ocorrendo dois em leão, dois em aquário e um em câncer. Percebem que os ponteiros do relógio insistem em marcar o eixo leão-aquário? Este é um momento em que estamos sendo convocados a olhar atentamente para a relação entre individualidade e coletividade. Quem sou eu? E quem sou eu dentro dos grupos aos quais pertenço? É o momento de utilizarmos aquilo que é único em nós, nossos talentos como serviço ao coletivo. A questão é que estamos vivendo uma crise ideológica (aquário) de enorme grandeza e estamos com uma grande dificuldade de entender qual nosso papel (leão) dentro deste panorama tão complexo de desconstrução e criação de valores. E diante do desconhecido que toda mudança gera o medo é o primeiro a tomar a frente da batalha, assim que estamos assistindo e participando de uma guerra ideológica radical. Então, o que acontece em relação ao eclipse, é que como sempre temos a livre escolha de aproveitá-lo ou sucumbir a sua influência. Lembram da máxima “Os sábios governam seus astros e o tolo aos seus obedece”? Pois, então o momento é propício para escolhermos entre usar todos os recursos que temos para fazer o melhor que possamos em benefício do maior número de pessoas ou escolhermos seguir nos separando em grupos onde ideias acabam condenando a forca aqueles que pensam diferente de nós. E é aí que entra o Sr. Marte na história, trazendo sua força bélica, que pode ser usada para lutarmos juntos por justiça e igualdade, ou sinto lhes dizer que nos próximos meses o medo falará mais alto e piorará muito o panorama radical. Assim que vamos luta e façamos a nossa parte! Quais são os seus talentos? De que forma você os coloca disponíveis?

©2020 by Fernanda Zannin.