Quíron

August 19, 2018

 

Estes dias recebi de uma amiga o pedido para falar sobre quíron aqui no História do Céu.  Ela me perguntou: O que é? Onde vive? O que come? Rs

Quíron é um asteroide, descoberto em 1977, que orbita entre Saturno e Urano, e que mesmo não sendo um planeta atua com grande força no mapa astral.

Os signo e casa onde encontramos quíron no nosso mapa nos informará sobre uma ferida aberta que não conseguimos curar, uma dor que encontra suas origens em um passado ao qual a mente não alcança, por isso ele é, especialmente, estudado na astrologia kármica. Este ponto do mapa revela nossas grandes culpas e inseguranças e nos desafia a buscar a confiança e afinar a percepção em relação aos dons escondidos por nós mesmos, afim de que em sua busca descubramos habilidades que nos levem a ajudar o próximo, habilidades que muitas vezes não conseguimos utilizar em nossos próprios projetos. Porém a ferida é sua própria curadora.

A influência do asteroide está relacionada ao mito do centauro Quíron, metade homem e metade cavalo como todos os outros de sua espécie, porém muito diferente deles por ser filho de Saturno, que para trair sua esposa assumiu a forma de um cavalo e engravidou a ninfa Filira.

Herdando os dons do pai e tendo sido criado por Apolo, Quíron se tornou o mais sábio, nobre e gentil de todos os centauros. Era mestre em magia, astronomia, artes, música e filosofia, além de possuir o dom da profecia. Foi o instrutor dos grandes heróis do Olimpo, como Jasão, Teseu, Hércules, Dionísio.

O centauro Quíron é considerado o curador ferido, pois certa vez foi atingido, acidentalmente, por Hércules com uma flecha envenenada que atingiu sua coxa, e por ser imortal o centauro não conseguia curar a si mesmo, e assim se tornou o maior dos médicos, aquele que através de sua dor compreende a dor do outro e o cura por compaixão.

Muitos dos grandes mestres são desafiados com uma dor incurável, geralmente ligada a perda de um grande amor, que coloca a sua individualidade a serviço do todo, fazendo com que o sentimento que seria focado em um único ser se multiplique em centenas.

Aqui podemos perceber a mensagem que quíron traz em nossos mapas pessoais, ele nos leva a reconhecer a dor da humanidade que sofre a falta de sua parte divina, e como o centauro, ele nos obriga a construir a ponte entre a criatura selvagem e o mestre interior que existe em cada um de nós.

Em minhas peregrinações sempre encontrei um personagem que me chama muita atenção, o peregrino São Roque, que assim como Quíron, tem uma ferida aberta na coxa, e que também foi um grande médico. Prometo nos próximos posts contar também essa história.

Please reload

Our Recent Posts

A Nova Economia

April 4, 2020

Chegou Peixes

February 19, 2019

Sol em Aquário

January 20, 2019

1/1
Please reload

Tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

 

©2018 by Fernanda Zanini.